Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Solidão

por José, em 17.06.24

Solidão é o corpo em festa e a alma vazia
É a aparência disfarçada de posse
O zumbido no ouvido e a indiferença
É o amor escondido sem metamorfose
É o engolir de lágrimas para não dar parte de fraco
Solidão é não ter nada para dizer
Nem às paredes gretadas dos anos
Não é necessariamente não ser escutado
O território da escuta é como o do capital
Não se remete ao isolamento gentio
Solidão é não possuir raízes
Não saber para onde voltar após tempestade
É não conhecer a solidariedade quando o encanto se esgota
É perder o abraço por julgamentos de humildade

José Gomes Ferreira

Solidão Solidão é o corpo em festa e a alma vaz

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:12



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D