Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Simulação

por José, em 28.02.24

Andam a plantar amor fora de tempo
E a deixar crescer lombrigas nos atalhos
Sem sentirem vergonha pelo corpo nu
Nem pelo acto de julgar sem conhecerem o sacrifício
Andam a matar ursos e sonhos
Com o planeta a pedir auxílio
Também chegam a confundir luta com saliência
O movimento para escrever o nome na história a todo custo
Andam a dormir sem ter abrigo
Chegam a elevar-se em desejo
Só que o caminho é longo
E a estrada guarda glória apenas para os sobreviventes
Todos os medos e todas as lágrimas
Não sacodem o pó da noite
Nem das tentativas de abraçar o mundo

José Gomes Ferreira

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:15



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D