Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Guia

por José, em 27.05.23

Os tempos eram de acreditar e não ter medo
Não havia repelente nas minhas certezas
Percorreria todos os cantos do mundo
Mesmo sem saber o significado de amar
Iria ver-te sem que nada mais fosse prioridade
Não saberia escolher a música para uma serenata
Nem teria o poema pronto para declamar
Mas esses nunca seriam impedimentos
Quando se ama a voz do coração é a linguagem universal
E todo o encontro é ritual de encanto
Hoje chego até a parar de reflectir
Não me condeno pelo que deu certo ou errado
Parei de dar atenção ao que chega para o futuro
Perdoa-me o amor que não consigo esquecer
É uma loucura querer-te se não for esse o momento
Se não se sentir o sentimento que expande o sorriso
Agora o vento sopra para alinhar a voz
Outrora foi incapaz de indicar o caminho mais certeiro

José Gomes Ferreira

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:44



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D