Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Exegese

por José, em 03.12.23
O amor culpado inutilmente
Anda à espera a vida inteira
No tanto que comodamente
Aguarda por uma mulher solteira

Nas figuras em forma de amores
Surgem relações em que se prendem desesperados
Que ignoram no sentimento outros fatores
E acabam como prazos expirados

Parece tudo um faz de conta
Até o sonho nobre das paixões
Que quem ama vira barata tonta
Sem conhecer as verdadeiras intenções

Se assim ficar desalinhado
Pouco importa a ovação
Não se reza para fugir do pecado
Nem se ama para evitar a solidão

Tem nas declarações muito aroma
E no ritmo o corpo quente
A escolha não é de quem vai a Roma
É da pressa rogada por muita gente

José Gomes Ferreira

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:36



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D