Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Aguenta coração

por José, em 09.07.24

Das viagens que nem sempre se podem fazer
Sobra o acordar taciturno da saudade
Os pensamentos com fraldas de coragem
Os olhos escondidos nos laços soltos da distância
A melancolia que se debruça sobre a trajectória
Vida de emigrante tem rupturas e ilusões
Toda a luta que a ambição possa suportar
Assim como frases interditas pelo paladar sonoro
Semblantes e rostos soltos
Retirados dos abraços e dos reencontros
Aguenta coração, por vezes até o amor se adia
Que não se perca a memória e o interesse
Tudo mais tem suor, lágrimas, luz e imensidão

José Gomes Ferreira

* Estou naqueles momentos em que passa 1 ano que não vejo a família, por razões profissionais e pela distância muito provavelmente só consigo viajar no final do ano. É uma das maiores privações que podemos passar, teremos sempre dias felizes e outros em que precisamos respirar mais fundo.

Aviso importante feriado amarelo instagram story_2

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:47


2 comentários

Imagem de perfil

De cheia a 09.07.2024 às 12:10

Quem foi desterrado, para as guerras, em África, sabe o que é viver dois anos, sem ver a família.

Bom dia!
Imagem de perfil

De José a 09.07.2024 às 12:56

Durante a pandemia foram mais de 2 anos e meio, com a agravante das restrições quanto a sair de casa. Coisas da vida.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D